3 iniciativas interessantes que levam acessibilidade aos meios de pagamentos

A tecnologia tem o poder de deixar a vida mais simples, melhor, mais conectada e, para pessoas com deficiências físicas e sensoriais , também pode tornar a rotina mais acessível. De acordo com o IBGE, cerca de 6,5 milhões de pessoas no Brasil têm algum tipo grave de deficiência ligada aos olhos, como cegueira ou baixa visão. No momento em que alguém com alguma dessas condições necessita fazer um pagamento por meio eletrônico, pode surgir insegurança na hora de conferir dados, como o valor da compra, ou de digitar a senha do cartão de débito ou crédito.

A boa notícia é que o segmento não deixou de pensar nessas pessoas e já existem soluções que trazem mais autonomia e confiança ao processo para quem tem limitação visual. Aqui no Brasil, a Abecs, entidade que representa o setor de meios eletrônicos de pagamento nacionalmente, apresentou novidades no 12o Congresso de Meios Eletrônicos de Pagamento.

 

Pay Voice

A primeira delas é o Pay Voice, aplicativo para celular que, por meio da câmera do aparelho, faz a leitura das informações da transação e as reproduz em forma de áudio para o usuário. Na prática, funciona assim: o atendente da loja insere o cartão do usuário e digita o valor a ser pago na máquina. A pessoa com deficiência visual ativa o aplicativo no seu smartphone e aponta a câmera para a tela do terminal de pagamento. O app reconhece os caracteres e gera um áudio com o valor digitado. Assim, a pessoa sabe exatamente quanto vai pagar antes de colocar a senha para autorizar a transação. O Pay Voice tem capacidade de armazenar o histórico dos últimos 50 pagamentos e está disponível para sistemas Android e iOS.

 

Maquininhas adaptadas

Sabe as maquininhas de pagamento com teclado digital, sem aquelas marcações de alto-relevo? Agora elas também podem ser acessíveis, ao ganharem um adesivo que, fixado na superfície desses terminais, facilitam o reconhecimento das teclas ao deficiente visual e, consequentemente, deixam mais seguro o ato de colocar a senha para a compra. Esse foi a segunda solução apresentada no congresso pela Abecs.

 

Tecnologia de aproximação

E tem uma outra tecnologia, essa já existente há mais tempo, que também facilita o dia a dia no sentido de praticidade e acessibilidade. O nome é a contactless, ou seja, sem contato. Em compras de baixo valor (até R$ 50), o usuário não necessita inserir senha para autorizar a transação. Basta aproximar o cartão do terminal e aguardar a autorização. Outra vantagem desse recurso é que a pessoa está com o cartão em mãos durante todo o processo, tornando o ato mais seguro.

Com essas tecnologias, o Brasil se destaca perante o restante do mundo ao trazer soluções estruturadas para tornar mais acessível a vida das pessoas, independente das suas condições físicas.

Meios Eletrônicos de Pagamento, Tecnologia e inovação 0 Comments

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar

wpDiscuz