Uma breve reflexão sobre as mulheres na tecnologia

Aqui no blog já falamos muitas vezes que, em tempos de digital, não tem como fugir da tecnologia.

E mesmo sabendo disso, a tecnologia é uma área que ainda é conhecida como um clube do bolinha.

E por que será que isso ainda acontece?

Obviamente não se trata de incapacidade feminina. Então, trocando uma ideia com as garotas aqui da Nexxera, percebemos que algumas gerações sofreram por falta de referências e influências nessa área. O que impactou na atuação e preferências das carreiras científicas e tecnológicas.

Mesmo que alguns avanços já tenham acontecido nesse campo, ainda existem muitas meninas que acreditam que a tecnologia não é para elas. E isso acontece porque ainda vivemos um cenário em que poucas recebem estímulos para atividades que envolvam lógica, raciocínio, engenharia, matemática e ciência. 

E apesar de estudos nos apresentarem números um pouco desanimadores quanto à igualdade de gênero, como nos conta a pesquisa 2018 Woman in Tech, feito com 14,6mil desenvolvedoras, divulgado na semana passada pelo Hacker Hank, o relatório destacou boas projeções para o público feminino da área. O que nos deixa um pouco mais otimistas, pois de alguma forma esse cenário está mudando. O resultado mostrou que mais de 60% das entrevistadas afirmam terem competências em Java e JavaScript, e mais de 40% comentaram que conhecem as linguagens de programação C ++ e Python. Todas essas habilidades são bastante procuradas por empregadores, segundo um documento do mesmo estudo.

É claro que o caminho de equidade ainda é longo, são muitos tipos de atitudes que precisam ser tomadas, mas ,para estimular a reflexão e a mudança nessa jornada, separei uma personagem para nos inspirar. E nos fazer lembrar a importância que a mulher tem para a tecnologia.

Você sabia que o primeiro algoritmo foi criado por uma mulher?

SIM! A matemática inglesa Ada Lovelace criou o primeiro algoritmo para ser processado por uma máquina. Isso ocorreu em 1842, quando o ser humano ainda nem concebia a ideia de se ter um computador, imagina um smartphone?

MKT-2318 - Dia internacional da mulher

Lovelace não foi somente a primeira programadora de todos os tempos, mas a primeira pessoa a escrever um código.

Obrigada ADA, eu e meu smartphone te amamos!

Existem outras inspirações femininas e tecnológicas como Grace Hopper, (conhecida como a Rainha do Software ou vovó do COBOL), a Irmã Mary Kenneth Keller (pioneira na ciência da computação), que são super referências que nos mostram que não devemos deixar nossas inseguranças nos impedirem de ir sempre além! 🙂

 

 

Grupo Nexxera, Sem categoria , , , , , , , , , 1 Comment

Deixe um comentário

1 Comentário em "Uma breve reflexão sobre as mulheres na tecnologia"

Notify of
avatar

Sort by:   newest | oldest | most voted
Farah Diba
Visitante
16 dias 17 horas atrás

Baita texto, inclusive a biografia da autora é demais. “Não vê problemas em ser Darth princesa também”. Já sou fã.

wpDiscuz