4 tendências tecnológicas fortíssimas para 2018

Assumo, tenho uma certa “quedinha” quando o assunto é tendência. Isso veio de um fascínio antigo pela possibilidade quase mística de prever algo, avistar um caminho lá na frente antes de muita gente. Explorar e me preparar para o futuro – quem não gostaria? O mais legal das tendências é que elas hoje são pautadas por muito trabalho integrado de pesquisa e análise. E tudo, exatamente tudo, como mudanças climáticas, econômicas, culturais, políticas, tecnológicas e até grandes catástrofes podem influenciar no nosso comportamento.

Diante de inúmeras reportagens, artigos e apostas, separei 4 macrotendências tecnológicas para 2018. Todas proporcionadas graças aos avanços e investimentos em tecnologia que já começaram a ser feitos. Vem ver:

 

Gigantes da tecnologia continuarão investindo em educação

O cenário é um só: com a evolução acelerada da tecnologia, muitas empresas se veem com uma mega dificuldade de encontrar mão de obra qualificada para acompanhar o ritmo. Com isso, uma das soluções encontradas está sendo investir na capacitação e formação de novos profissionais. Um exemplo interessante é a Estação Hack – primeira escola de programação do Facebook. Curiosamente, a unidade piloto ficará no Brasil, mais especificamente em São Paulo, na Avenida Paulista, e pretende disponibilizar mais 7,4 mil bolsas de estudo por ano. A previsão de inauguração é no fim de 2017.

tendência-ti-2018

CNH digital, Carteira digital e rotinas cada vez mais tecnológicas

Recentemente correu pela internet a empolgante notícia que a partir do ano que vem teremos uma versão digital da carteira de habilitação. Parece mais uma facilidade, mas é muito mais do que isso. É um órgão público tomando decisões menos burocráticas – tendência fantástica, sem volta. Em paralelo a esse movimento percebo grandes empresas desenvolvendo produtos que vão chacoalhar muita gente por aí. Há projetos de carteiras digitais que facilitarão não só as compras online, mas também as offline. Contas de água, luz e telefone migrarão de vez da caixinha do correio para o e-mail, com possibilidade de pagamento por lá mesmo. Cartórios iniciaram uma dolorosa, mas necessária transformação digital – descentralizando muitos processos.

 

Jornada sem ruídos – você entra na loja e faz tudo sem ajuda

Essa vem do varejo, que durante os últimos anos tem testado inúmeras formas de automatizar o atendimento e, ainda assim, proporcionar uma boa experiência para o consumidor. Aparentemente, o modelo de jornada sem ruídos está bem próximo de chegar às lojas físicas. Funciona assim: você entra na loja, baixa o app, escolhe o produto e faz o pagamento no celular sem ter contato com nenhum atendente ou precisar passar em um caixa.  A tecnologia por trás desse sistema é interessantíssima.

Obs: descobri que tem uma loja chamada Omnistory que funciona nesse modelo lá em São Paulo, no Shopping Villa Lobos.

Negócios baseados em plataformas

Das 10 marcas mais famosas do mundo, 6 são plataformas – ou seja, estruturas pensadas para integrar produtores e consumidores em um espaço único de criação, curadoria, consumo e intermediação. Nesse modelo de negócios temos gigantes como Apple, Google, Microsoft, IBM, Samsung e Amazon, por exemplo, e tudo indica que é uma tendência que segue não apenas para 2018 como para os próximos anos.

 

Tecnologia e inovação , , , , , , 0 Comments

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar

wpDiscuz