7 dicas sobre como fazer a gestão de fornecedores

Mas, afinal, como fazer a gestão de fornecedores e por que ela é tão importante?

O sucesso de um negócio depende de inúmeros fatores. E um deles, certamente, é a gestão de fornecedores. Isso é ainda mais importante no ramo agrícola e no varejo alimentício, já que bons parceiros são indispensáveis nesse setor.

Para você ter uma ideia, as perdas no setor supermercadista no Brasil chegaram a R$ 6,7 bilhões em 2018. É o que diz a 19ª Avaliação de perdas no varejo brasileiro de supermercados. Segundo a pesquisa, grande parte delas está relacionada a fatores organizacionais. Mas não é só isso: o não atendimento de padrões e requisitos por parte dos fornecedores também é apontado como uma das principais causas, representando 6,9% das perdas.

Diante disso, percebe-se o quão importante é uma gestão eficiente de fornecedores para a redução de perdas. Com ela, é possível garantir melhor desempenho nas entregas, maior controle na aprovação de produtos e, ainda, evitar falhas, erros e defeitos por provedores. As consequências são menos perdas e, portanto, mais rendimentos.

Quer saber como fazer a gestão de fornecedores de forma eficiente? Confira 7 dicas essenciais para implementá-la e entenda suas vantagens para os negócios de varejo!

Mulher usando um Macbook na mesa com uma expressão leve

Como fazer a gestão de fornecedores? Veja 7 dicas!

1. Defina seus objetivos

Em primeiro lugar, você precisa definir os objetivos do seu negócio. Assim, é possível estabelecer metas claras e realistas para alcançá-los. Analise também suas prioridades, como as compras essenciais e indispensáveis para o fluxo de suas operações.

Uma vez que estes objetivos estejam claros para todos, é preciso comunicá-los de uma forma ampla e transparente. Assim, todos os envolvidos na gestão de fornecedores terão ciência de quais resultados devem ser atingidos no curto, médio e longo prazo pela empresa. Por consequência, isso afeta o engajamento e a motivação dos profissionais.

2. Trace um plano de ação

Com isso em mente, você poderá criar um plano de ação para gerir seus fornecedores conforme suas necessidades e os objetivos almejados. Assim, além de tomar melhores decisões no processo de compras, você poderá negociar com mais estratégia para obter os melhores preços e garantir tanto os prazos, quanto a qualidade que o seu varejo necessita.

Para isso, você deve estipular uma periodicidade para o planejamento. O ideal é que ele seja refeito a cada ano, mas é possível adaptar de acordo com a demanda do seu negócio. Se o foco é ter uma visão a nível macro da gestão de fornecedores, é possível levar em conta aspectos como:

  • Volume de insumos adquiridos ao longo do ano;
  • Inventário atualizado e pedidos emitidos x faturados;
  • Dados sobre as vendas feitas no ano anterior.

3. Organize cada etapa

Outra dica fundamental sobre como fazer a gestão de fornecedores está relacionada com os seus processos internos. Cada setor da empresa deve estar alinhado entre si, assim como cada etapa da cadeia de suprimentos deve se manter bem organizada.

Com os processos integrados, você evita falhas ou desalinhamentos com os fornecedores, o que pode prejudicar seu planejamento. Por isso, alinhe a operação internamente e as políticas da empresa com seus parceiros.

4. Monitore os custos

Na gestão de fornecedores, os custos são um ponto crítico. Ainda que esse não deva ser considerado o fator mais importante, é inegável que uma boa administração requer a garantia dos melhores preços e de um excelente custo-benefício.

Por isso, a dica aqui é monitorar os gastos frequentemente, avaliar se estão adequados ao valor do seu produto e analisar todos aqueles que estão envolvidos com a cadeia de suprimentos. Lembre-se de que é preciso buscar economia para aumentar a lucratividade, mas sem deixar de considerar como isso impacta a qualidade dos seus produtos.

5. Crie um bom relacionamento

Manter um bom relacionamento com fornecedores é primordial, já que eles devem ser considerados verdadeiros parceiros do seu negócio. Afinal, eles têm papel importante no alcance dos seus resultados, assim como na satisfação dos seus consumidores com o produto final.

Para isso, faça uma boa seleção e homologação de fornecedores antes de contratá-los. E, para criar um relacionamento saudável, tenha uma comunicação clara, alinhe os processos e estabeleça um trabalho de desenvolvimento de fornecedores.

A atuação em conjunto permitirá uma análise das melhores estratégias para ambas as partes, uma resolução ágil em caso de eventuais problemas e, consequentemente, uma vantagem competitiva frente à concorrência.

6. Acompanhe a logística

Mais um fator crucial na gestão de fornecedores é a logística, sobretudo em negócios de varejo. Para acompanhar a logística de forma eficiente, tenha um bom controle de estoque, avalie o manuseio dos suprimentos durante a movimentação dos produtos e verifique-os para evitar danos, defeitos ou erros.

Uma boa dica para isso é contar com um serviço de rastreabilidade. Assim, é possível acompanhar todas as etapas da cadeia de suprimentos, obtendo maior controle sobre a entrada e saída de matérias-primas, insumos e demais produtos.

7. Analise os KPIs

Um dos pontos-chave para o sucesso de uma boa gestão é a análise dos indicadores de desempenho. E isso não é diferente quando se trata de fornecedores. Ao monitorar os KPIs, você pode identificar onde estão as falhas, quais os pontos que necessitam de melhorias e se os resultados esperados estão sendo alcançados.

Para isso, utilize indicadores, como custo, nível de qualidade de serviço e fatores ligados a erros ou inconformidades, como produtos trocados ou faltantes.

Em relação ao desempenho das questões financeiras, você pode contar com a ajuda do Portal de Fornecedores e Antecipação da Nexxera. O AEN é um canal digital para organizar a troca de informações na sua cadeia de valor, que ajuda a ter mais controle na identificação de possíveis inconsistências.

As vantagens da gestão de fornecedores para supermercados

Como você viu, uma boa gestão de fornecedores pode fazer toda a diferença para a sua empresa. Afinal, a cadeia de suprimentos tem papel estratégico sobre o fluxo de produção.

Para os supermercados e hortifrútis, é essencial ter uma boa base para que as operações não sejam prejudicadas. Por isso, com uma gestão de fornecedores eficiente, você garante o bom funcionamento do negócio e vantagens como:

  • Negociações mais estratégicas;
  • Melhores preços;
  • Melhor qualidade dos produtos;
  • Diferencial competitivo no mercado;
  • Maior valor agregado;
  • Parcerias fortes e saudáveis.

Mas, para obter todos esses benefícios e melhorar o seu gerenciamento de fornecedores, é fundamental contar com o auxílio de ferramentas tecnológicas. Hoje em dia, existem muitos recursos disponíveis e que tornam a gestão de fornecedores mais assertiva, como é o caso das soluções Nexxera e PariPassu.

Conheça as soluções Nexxera e PariPassu para a sua gestão de fornecedores

O grupo Nexxera oferece a solução AEN e a PariPassu oferece o aplicativo CLICQ.

Com o AEN (Ambiente Eletrônico de Negócios), você automatiza transações financeiras com fornecedores, organizando e controlando todos os dados importantes da sua cadeia de valor.

Já o CLICQ é um aplicativo para a gestão da qualidade de produtos e processos. Com ele, você pode:

  • Criar checklists automatizados para uma inspeção de qualidade ágil e eficiente;
  • Definir e monitorar processos em tempo real para garantir o padrão de qualidade;
  • Gerar relatórios de acordo com os indicadores de desempenho-chave (KPIs);
  • Manter os processos conforme os protocolos de certificação para auditorias.

É importante lembrar que o Mercantil e o CLICQ são soluções complementares para uma boa gestão de fornecedores.

Ficou interessado? Então, conheça mais sobre as soluções Nexxera e PariPassu!

Blog post em parceria com:

Sem categoria 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *