A importância da gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos

A gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos é um dos fatores essenciais para o bom funcionamento de uma empresa. Afinal, o alinhamento entre todas as partes envolvidas melhora o fluxo da supply chain, garantindo que as operações e a rotina da empresa como um todo ocorram devidamente.

Por isso é tão importante trabalhar junto dos fornecedores e, assim, agregar valor ao negócio. Quer entender mais sobre a gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos? Confira, a seguir, as vantagens e como implementá-la na sua empresa!

Qual é a diferença entre os meios de pagamentos: adquirente, subadquirente e gateway

Por que a gestão de fornecedores é tão importante para uma empresa?

A gestão da área de supply chain é válida não apenas para grandes e médias empresas, mas também para pequenos negócios. Isso porque, independente de qual seja o seu porte, a gestão da cadeia de suprimentos tem se tornado uma atividade estratégica. Ela é capaz de melhorar a qualidade de produtos e/ou serviços, reduzir os custos e otimizar a produção das organizações.

É importante entender que a supply chain envolve diversos processos, como o de compras, finanças, logística, estoque e também o relacionamento com fornecedores. Com uma boa gestão desses stakeholders, a parceria se torna muito mais alinhada. Consequentemente, a empresa consegue atingir seus objetivos e metas, além de entregar ao público um produto final que agrega valor.

Quais as vantagens da gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos?

A gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos cria relações mais saudáveis e fortes. Disso, decorrem muitas consequências positivas para um negócio. De modo geral, pode-se dizer que existem dois tipos de vantagens:

  • Diferencial competitivo: a empresa se destaca no mercado frente a concorrentes por agregar valor aos seus produtos e/ou serviços.
  • Lucratividade: com maior eficiência e custos mais baixos, os lucros e resultados da empresa crescem.

Além desses grandes benefícios, podemos destacar ainda outros, como:

  • Custo-benefício: redução de custos, negociações, savings, preços diferenciados e condições especiais de pagamento.
  • Comprometimento: boas relações com fornecedores, evitando atrasos na entrega, problemas de disponibilidade e negligência na qualidade.
  • Alinhamento: com melhores parcerias, os fornecedores atendem as necessidades da organização, como as da área técnica, logística e financeira.
  • Eficiência: a boa gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos otimiza o fluxo e evita falhas operacionais, trazendo mais produtividade.

Como implementar uma gestão de fornecedores eficiente?

Para você implementar a gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos, existem alguns pontos básicos. Veja quais são eles:

Entenda os objetivos da empresa

Para selecionar e contratar os melhores fornecedores, você precisa definir os objetivos e as metas da organização. A partir disso, você saberá os requisitos e as especificações que os fornecedores deverão atender.

Assim, são maiores as chances da parceria dar certo e da empresa ter suas necessidades supridas. Mas lembre-se: faça um planejamento com metas possíveis e viáveis.

Alinhe os processos

Para que os objetivos e as metas sejam atingidos, é preciso definir também os processos, a fim de que todos os setores da empresa estejam na mesma página. Nesse sentido, você pode, por exemplo, fazer mapeamento de atividades ou utilizar softwares de gestão.

Assim, você pode acompanhar as transações com os fornecedores, identificando possíveis gargalos e pontos que precisam de melhoria.

Estabeleça uma comunicação eficaz

Uma boa gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos está intimamente ligada a uma comunicação eficaz. Afinal, para um relacionamento saudável, é essencial ter uma parceria forte, clara e transparente.

Isso evita falhas no cumprimento de entregas e até mesmo desentendimentos que podem levar a consequências mais graves. Os erros na contagem do inventário ou com aquisições faltantes, por exemplo, tendem a diminuir também.

Além disso, tenha bons canais de comunicação com as equipes internas para compartilhar informações sobre o fluxo da cadeia de suprimentos.

Tenha um bom relacionamento com os fornecedores

Por fim, uma gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos eficiente deve buscar a construção de um relacionamento sólido com seus stakeholders. É importante ter em mente que eles são mais do que fornecedores de um produto, mas parceiros do seu negócio.

Sendo assim, a parceria não termina no contrato de compras, mas estende-se para outras etapas desse fluxo. Com boas relações, a empresa e os fornecedores podem resolver seus problemas mais rapidamente, além de buscar soluções que melhorem os processos para ambas as partes.

Agora que você já conhece mais sobre a importância da gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos, saiba que a supply chain finance também é um fator crucial para melhorar as negociações. Por isso, entenda como resolver problemas financeiros na sua empresa e otimize seus recursos!

Sem categoria 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *