A importância do pagamento de fornecedores na pandemia

Com a pandemia do novo coronavírus, uma das grandes dificuldades que as empresas estão enfrentando é o pagamento de fornecedores. Apesar de estarmos em um momento de crise como esse, é fundamental que as médias e grandes empresas se comprometam a manter sua cadeia de valor em ordem.

Fornecedor e cliente negociando
A melhor maneira de negociar durante a pandemia é com uma comunicação clara, aberta e sem ameaças ou conflitos

Afinal, os fornecedores são parte essencial do ecossistema corporativo. Sem eles, até mesmo as empresas mais estruturadas podem quebrar. Dessa forma, ao manter o pagamento de fornecedores em dia, sua organização ajuda a economia a se sustentar da melhor maneira possível para que o país saia dessa crise o quanto antes.

Quer entender melhor por que pagar seu fornecedor em dia é tão importante nesse momento de crise? Explicamos a seguir!

Por que sua empresa deve manter a sustentabilidade da cadeia de valor?

Os fornecedores, formados em sua maioria por pequenas empresas, são um dos mais afetados no mundo corporativo pela pandemia da Covid-19. Para você ter uma ideia, 85% das cadeias produtivas no Brasil se constituem de micro e pequenos empresários, que empregam 75% da população brasileira.

Ou seja, a força desse setor é gigantesca para o bom funcionamento da economia. Ao lado de milhares de médias e grandes empresas, existem milhões de micro e pequenos negócios.

Nesse cenário, isso significa que, se estes não sobrevivem à crise, todo o ecossistema econômico do país será duramente afetado, impactando até mesmo as gigantes e os grandes players do mercado.

Por isso, empresas maiores e mais consolidadas precisam entender que têm papel fundamental em ajudar os fornecedores durante a pandemia. Afinal, estes pequenos empresários não contam com um patrimônio ou com uma reserva de capital, mas somente com o seu recebível.

Dessa forma, é fundamental que você, que faz parte de uma organização estruturada, atue em prol da sustentabilidade da sua cadeia de valor. Ao manter o pagamento dos fornecedores, você ajuda a manter esses negócios funcionando e evita o aumento da demissão de funcionários, o que pode acarretar um grande colapso na economia.

Mais do que nunca, é preciso se conscientizar que todas as empresas – sejam micro, médias ou grandes – estão interligadas e nenhuma sobrevive sozinha. Logo, ao assumir a responsabilidade de não deixar de pagar seus fornecedores, você ajuda não apenas esses pequenos negócios, mas todo o cenário econômico do país.

Como manter o pagamento dos seus fornecedores em dia?

Diante de uma crise, como a que vivemos atualmente, os grandes empresários precisam reconsiderar suas metas e os resultados previstos para este ano. Afinal, não é razoável querer manter os mesmos números durante uma situação de pandemia.

Nesse sentido, a renegociação com os parceiros é uma das principais medidas que vêm sendo adotadas pelas empresas para que consigam manter o pagamento de fornecedores.

Um auxílio para isso é a Lei da Liberdade Econômica, onde os contratos civis e empresariais – o que inclui os contratos entre empresas e fornecedores – podem ser revistos de maneira limitada e em situações excepcionais.

Isso significa que em uma situação imprevista e de força maior, como a da pandemia, a renegociação – em vez do cancelamento dos contratos – pode ser a melhor alternativa para que você continue pagando seus fornecedores.

Além disso, existem algumas atitudes importantes que sua empresa pode adotar nesse sentido. Acompanhe!

Trace um plano e siga à risca

Reavalie metas, objetivos, prioridades e expectativas. Elabore um novo plano de ação para a sua empresa, considerando que o grande objetivo no momento é pensar em manter o ecossistema econômico nacional girando e evitar um colapso.

Reveja os prazos de vencimento

Reavalie o caixa da sua empresa, buscando prever o momento em que terá mais receita, como no período de flexibilização do confinamento, por exemplo. Assim, você pode renegociar os prazos de pagamento.

Mantenha uma comunicação aberta

Como dissemos, todas as empresas dependem uma da outra. Logo, é papel das grandes ajudarem as menores nesse momento. Nesse contexto, a melhor maneira de negociar durante a pandemia é com uma comunicação clara, aberta e sem ameaças ou conflitos.

Seja próximo dos seus parceiros

Fortalecer os laços com seus parceiros neste momento de crise é fundamental. Portanto, transmita confiança e proximidade nas suas relações comerciais. Mostre que você entende as dificuldades dos pequenos negócios e que sua empresa honrará os compromissos, como o pagamento de fornecedores e demais acordos.

E nisso o Hubly pode te ajudar! Um ecossistema que te ajuda a automatizar os processos e gerenciar, com eficiência e segurança, todas as transações financeiras e mercantis com os seus parceiros comerciais.

Ficou interessado? Entre em contato!

Sem categoria 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *