Afinal, como negociar com fornecedores durante a crise econômica?

Vivemos atualmente um momento inconstante, cercado por desequilíbrio. Além da crise sanitária, com a pandemia da Covid-19, o país passa por uma grande queda na economia, que vem afetando milhares de empresas.

Diante desse contexto, é urgente e necessário adaptar o seu negócio para que ele sobreviva à crise econômica. E uma das formas de fazer isso é negociar com os fornecedores.

Afinal, um dos maiores desafios das empresas no cenário atual é conseguir manter o pagamento de seus parceiros comerciais em dia. Se você também está passando por dificuldades para manter as finanças saudáveis, saiba que, em vez que romper contratos, uma boa saída pode ser a negociação.

Pensando nisso, preparamos este artigo para ajudar a sua empresa a sobreviver à crise, mostrando boas práticas de como negociar com fornecedores durante a pandemia. Confira!

6 dicas de como negociar com fornecedores em tempos de crise

1. Reveja o seu planejamento

Tempos de crise exigem mudanças e adaptações. Por isso, o primeiro passo a tomar é rever o seu planejamento. 

Faça um levantamento das prioridades da sua empresa. Saiba o que é imprescindível para o negócio continuar funcionando e o que você pode abrir mão nesse momento.

Com um novo planejamento bem traçado, você saberá como negociar com os fornecedores e quais propostas fazer. Isso não só tornará a negociação mais eficaz, como também ajudará sua empresa a mostrar argumentos consistentes.

2. Peça novos prazos para guias

Outra boa solução de como negociar com fornecedores é pedir a prorrogação de prazos de pagamentos. Até que a crise passe, muito provavelmente sua empresa estará se esforçando para refazer o caixa e reequilibrar as receitas e as despesas.

Portanto, analise o mercado e faça projeções de quando você terá um respiro nas contas. Dessa forma, você pode pedir, por exemplo, que os prazos sejam prorrogados para o fim da quarentena. Assim, com o retorno do seu faturamento, conseguirá honrar os compromissos com os fornecedores, sem que seu caixa saia tão prejudicado.

3. Fortaleça os laços da relação

Um bom relacionamento com os parceiros é fundamental para qualquer negócio. E, em tempos de crise, isso é ainda mais necessário. Portanto, lembre-se de fazer uma boa gestão de fornecedores e de estreitar a relação nesse momento.

Evite conflitos ou uma negociação agressiva. O melhor a se fazer durante a pandemia é criar confiança e fortalecer os laços. Afinal, a relação entre empresa e fornecedor é uma parceria em que ambas as partes necessitam uma da outra. Assim, um acordo saudável e pacífico contribuirá para que todos saiam da crise da melhor maneira possível.

4. Descubra como está o mercado

Outra boa dica para negociar com fornecedores é pesquisar o mercado. Faça uma cotação dos valores que estão sendo praticados no momento, das condições de pagamento e o que está sendo ofertado por outros fornecedores.

Dessa forma, você terá melhores argumentos para barganhar, pedir descontos, alterar prazos e negociar demais condições do acordo.

5. Use uma comunicação assertiva

Ao negociar com fornecedores, uma atitude essencial é ter uma comunicação assertiva. Para tanto, primeiramente seja empático e entenda também as dificuldades pelas quais o fornecedor está passando.

De sua parte, procure fundamentar bem os seus argumentos, mostre números que comprovem a situação da sua empresa e seja racional durante a negociação. Tudo isso ajudará ambas as partes a encontrar os melhores meios de superar a crise.

6. Possibilite a antecipação de recebíveis

Por fim, uma boa saída é pensar na possibilidade de antecipação de recebíveis. Com um software financeiro que conecta as transações financeiras entre as empresas e seus parceiros comerciais, por exemplo, o fornecedor consegue contratar a antecipação com muito mais facilidade.

Assim, é possível alongar prazos de pagamento sem que isso represente um risco para o fluxo de caixa dos fornecedores, além de preservar a saúde financeira de ambos os parceiros.

Com o Hubly, você pode fazer isso. Com esse ecossistema digital completo, você conecta sua empresa com toda a cadeia produtiva, incluindo: clientes, fornecedores e instituições financeiras.

Além de contar com inúmeros recursos – como extrato eletrônico, conciliação de cartões, pagamento online e arrecadação e cobrança automáticas –, o Hubly também oferece o Portal de Fornecedores para facilitar as transações com seus parceiros.  

Quer saber mais? Então, conheça o Hubly e agregue valor à sua cadeia produtiva!

Sem categoria 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *