Antecipação de recebíveis – como funciona e quando usar no seu negócio

Uma boa gestão financeira é baseada no equilíbrio de dois fatores principais: prazos de contas a pagar e prazos de contas a receber. Quando essa estabilidade existe, os gestores lidam com imprevistos e aproveitam oportunidades de maneira mais segura e confortável… Mas quando as coisas não saem exatamente como o planejado, o que fazer?

Para ganhar um fôlego a mais e melhorar o capital de giro do negócio, a primeira alternativa é buscar crédito no mercado, no entanto, é preciso estudar as opções para avaliar qual delas é mais vantajosa. As possibilidade mais comuns são:

 

  • Investimento: grandes valores investidos podem render um dinheiro extra para ser utilizado em situações de emergência. Um ponto a se considerar neste caso, é que o Banco Central reduziu a taxa Selic (taxa básica de juros)  nos últimos anos e, por conta disso, essa alternativa não é mais tão proveitosa quanto antigamente. Além disso, para conseguir investir um valor considerável é preciso um bom planejamento financeiro e, em épocas de instabilidade econômica, nem sempre isso é possível.
  • Empréstimo: as opções de empréstimo garantem dinheiro rápido, mas com altas taxas de juros. Deve ser utilizado com bastante cautela, caso contrário, pode se reverter em grandes dívidas.
  • Antecipação de recebíveis: funciona quando a empresa já efetuou alguma venda à prazo, mas prefere receber o pagamento antes da data estabelecida. Neste caso, o valor recebido de imediato costuma ser menor que aquele previsto no futuro.

 

É bem possível que você já tenha algum conhecimento sobre investimentos e empréstimos, já que são modalidades populares no mercado, mas talvez ainda tenha dúvidas e curiosidades sobre a antecipação de recebíveis. Confira algumas orientações importantes para realizar esse tipo de estratégia:

 

Quando utilizar a antecipação de recebíveis?

  • Quando a empresa precisa lidar com alguma situação temporária e pontual, como um problema de vendas ou a compra de um equipamento essencial, por exemplo.
  • Quando é preciso evitar o uso de cheque especial e atraso de pagamentos.
  • Quando a decisão não traz complicações futuras no fluxo de caixa.

 

Como solicitar?

  • É possível solicitar antecipação de recebíveis de duplicatas, boletos, cheques e cartões de crédito.
  • A solicitação pode ser feita por meio de instituições financeiras, FIDCs (Fundo de Investimento em Direitos Creditórios), factorings ou ferramentas de Supply Chain (que permite a negociação direta, sem intermediários).
  • Faça uma análise das taxas aplicadas e tarifas envolvidas na transação e avalie a melhor opção.
  • Negocie para garantir as melhores condições de pagamento.
  • Realize o cadastramento da sua empresa na instituição financeira onde deseja receber o crédito.

 

Quais os benefícios?

  • Obtenção de crédito de maneira rápida, quando necessário.
  • Inexistência de dívidas relacionadas a empréstimos, por exemplo.
  • Taxas mais atrativas que outras opções de mercado.
  • Negociação direta entre clientes e fornecedores.
  • Com dinheiro em caixa é possível aproveitar rapidamente as oportunidades que surgem.
  • Evita problemas de inadimplência de cheques ou outros meios de pagamento.

 

A tecnologia como aliada!

Por fim, vale a pena ressaltar que existem soluções disponíveis no mercado que facilitam essa e outras operações financeiras na empresa, de maneira integrada. Otimizando a realização destas atividades, os gestores ganham tempo para se tornarem mais estratégicos e competitivos no mercado

Finanças Pessoais, Meios Eletrônicos de Pagamento, Tecnologia e inovação , , , , , , , , 2 Comments

Deixe um comentário

2 Comentários em "Antecipação de recebíveis – como funciona e quando usar no seu negócio"

Notify of
avatar

Sort by:   newest | oldest | most voted
Florisvaldo Borges Oliveira
Visitante
Florisvaldo Borges Oliveira
3 meses 11 dias atrás

Pagamento da JBS

trackback

[…] pode ser usada por empresas que precisam melhorar o capital de giro do seu negócio (não lembra? Leia aqui!). Hoje vamos falar sobre o mesmo assunto, mas sob outro ponto de […]

wpDiscuz