Aprenda a resolver problemas financeiros na empresa agora

problemas-financeiros

Saber como resolver problemas financeiros de uma empresa é um desafio para os empreendedores. Afinal, nem sempre os negócios iniciam de maneira organizada e seguem um padrão de procedimentos para que essas situações não surjam.

Além disso, não é raro que os empreendedores iniciantes tenham pouco conhecimento de gestão e acabem se envolvendo em uma bola de neve na área de finanças do negócio.

Porém, se esse é o seu caso e o seu negócio está no vermelho, não se preocupe! Vamos ajudar você a colocar a casa em ordem e voltar a ter uma empresa lucrativa. Continue a leitura e saiba como proceder!

Entenda quais são os principais problemas financeiros de uma empresa e como resolvê-los

 

problemas-financeiros

O primeiro passo para resolver problemas financeiros na empresa é os identificando. Muitas vezes os empresários estão tão envolvidos com o negócio que cometem falhas e nem se dão por conta disso.

A seguir, vamos apresentar alguns dos principais problemas financeiros de uma empresa. Caso você identifique que o seu negócio enfrenta algum deles, é um indicador de que você precisa ligar o sinal de alerta para corrigir alguns pontos. Vamos lá?

Gestão ineficiente do fluxo de caixa

Se um negócio fosse uma pessoa, o fluxo de caixa seria o coração. Ele é a parte mais importante da área financeira de uma empresa e é preciso que o empreendedor dê uma atenção especial para registrar todas as entradas e saídas de dinheiro.

Para isso, contar com a tecnologia, utilizando meios eletrônicos de pagamento e softwares de gestão é fundamental. Além disso, alguns cuidados devem ser tidos, como não tirar dinheiro da empresa para pagar as suas contas pessoais.

Gastos exorbitantes

Será que a sua empresa necessita de um pacote de telefonia tão completo como que tem atualmente? E será que é realmente necessário seguir fazendo anúncios publicitários em determinado jornal da sua cidade? Questões como essas precisam ser avaliadas!

Muitas organizações acabam gastando mais do que devem, sem terem necessidade ou terem controle sobre o retorno de investimentos. É necessário monitorar todos os custos e utilizar indicadores, como o ROI, para saber se há retorno nos recursos financeiros empregados em determinada atividade. Caso se identifique que o gasto é exorbitante, ele deve ser cortado.

Inexistência de capital de giro

É preciso que os empreendedores compreendam que nem sempre as empresas terão a mesma lucratividade. Em determinado mês poderá haver menos lucratividade do que em outros. Por isso, é necessário que todas as companhias tenham um capital de giro adequado.

Trata-se de um valor extra, que deve permanecer na conta bancária da organização. Dessa forma, se houver um imprevisto ou um mês de pouca lucratividade, não será necessário atrasar pagamentos de funcionários e fornecedores, por exemplo.

Contas misturadas

Outro erro comum, principalmente entre os pequenos empreendedores, é ter as contas bancárias misturadas. Não se deve usar uma conta de pessoa física para receber pagamentos da sua pessoa jurídica, por exemplo.

Isso se justifica porque você pode ter outras fontes de renda, que não são oriundas do seu negócio. Logo, haverá problemas sérios na contabilidade e organização dos gastos. O quadro se torna ainda mais grave quando a organização não tem apenas um dono, mas sim dois ou mais sócios.

O ideal é que a companhia tenha contas exclusivas nas instituições bancárias. Assim, os sócios precisam ter um salário definido, que será transferido para as suas contas pessoais, da mesma forma como é feito com os funcionários.

Ao ter contas de pessoa jurídica, também fica mais fácil de a organização conseguir crédito e contratar empréstimos quando for necessário fazer um investimento, por exemplo.

4 dicas para evitar problemas financeiros na empresa

Entendidos quais são os principais problemas financeiros de uma empresa e como resolvê-los, vamos agora aprender a evitar que eles aconteçam. Temos uma série de dicas práticas que devem ser seguidas à risca no seu negócio. Veja!

1 . Evite contrair empréstimos para pagar dívidas

Os empréstimos bancários podem até ser uma boa solução para quando você precisa fazer um investimento no seu negócio, como uma reforma na sede. Porém, eles não são a melhor solução para pagar dívidas em atraso.

Ao fazer um empréstimo, você estará apenas transferindo a dívida de lugar, além de ter que arcar com juros altos no futuro. Fazer isso é tapar o Sol com a peneira e pode resultar em problemas financeiros na empresa ainda maiores.

2. Saiba negociar com os seus credores

Você já sabe que contratar um empréstimo não é a melhor maneira para resolver problemas na empresa. Mas então, o que fazer? A melhor solução é ter um bom poder de negociação e apostar na lábia para conversar com os credores.

Seja sincero, explique a sua situação e diga que você pretende pagar as suas dívidas, mas agora não tem como fazer isso de imediato. Depois disso, proponha um parcelamento em condições que sejam benéficas para ambas as partes e tente chegar a um acordo.

3. Aposte na tecnologia para organizar as suas finanças

Hoje em dia é inadmissível que uma empresa ainda controle as suas finanças usando papel e caneta. Esse método, um tanto quanto arcaico, é passível de erros e qualquer cálculo errado pode gerar furos e confusões que resultem em problemas financeiros graves.

Por isso, aposte em sistemas digitais e automatize as tarefas. Dessa maneira, menos erros acontecerão e você poderá ter mais resultados positivos no seu negócio.

4. Tenha um planejamento estratégico

O planejamento estratégico não engloba apenas o setor financeiro, mas sim todas as áreas da empresa. No entanto, ao elaborar esse documento, serão definidos os recursos necessários para cada ação a ser executada na companhia.

Se você perceber que determinada atividade não pode ser realizada por conta de falta de verba, ela poderá ser adiada. Assim, é possível organizar as táticas empresariais por ordem de prioridade e evitar gastos exorbitantes que resultam em problemas financeiros na empresa.

Em resumo, a organização e o uso de recursos tecnológicos são as peças fundamentais para quem precisa resolver problemas financeiros na empresa. Apenas assim será possível colocar tudo em ordem e voltar a ter um negócio lucrativo.

Gostou deste material? Então acompanhe nossas redes sociais e receba sempre mais conteúdos interessantes como estes na sua timeline!

Empreendedorismo 0 Comments

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar

wpDiscuz