Black Friday em setembro? Entenda o movimento que quer antecipar a data

Nos últimos anos, a Black Friday se tornou uma ocasião extremamente importante para o varejo no Brasil. Em 2016, só o comércio online movimentou R$1,9 bilhão, montante que representou um crescimento de 17% com relação ao ano anterior, segundo dados da Ebit. Já o varejo físico apresentou alta de 11% nas vendas, de acordo com informações da Serasa Experian. Porém, neste cenário, os varejistas temem que as compras de Natal sejam impactadas e, por isso, vêm promovendo discussões acerca de uma possível antecipação do evento para agosto ou setembro.

black-friday-setembro

Afastar a data do Natal não é uma ideia nova. Nos EUA, onde a tradição nasceu, nem sempre a Black Friday foi comemorada na quarta sexta-feira de novembro, como é hoje, mas desde o início esteve atrelada ao Dia de Ação de Graças. Até meados do século XX, o Thanksgiving era celebrado na última quinta-feira do mês – o que, dependendo do ano, fazia com que a Black Friday caísse em dezembro (este ano, por exemplo, a última quinta de novembro será no dia 30). Por isso, em 1941 fixou-se o feriado mais tradicional dos EUA na quarta quinta-feira do mês, o que garantiu uma semana a mais para as compras de Natal.

No Brasil, pelo menos por enquanto, a sugestão dos varejistas não foi acatada. O plano era que a alteração ocorresse já neste ano, porém o dia oficial foi mantido: o evento será em 24 de novembro. De acordo com o Instituto para o Desenvolvimento do Varejo (IDV), a tradição é reconhecida internacionalmente e os consumidores brasileiros já se acostumaram a ela. Portanto, não há motivo para alterações.

Os comerciantes que aderirem às promoções tendem a fazer bons negócios. Segundo previsões divulgadas pelo Google Brasil, a expectativa é de que as vendas aumentem 20% com relação a 2016, fazendo com que o faturamento alcance níveis recordes. E atenção: os produtos mais desejados pelos brasileiros são smartphones e roupas, seguidos por passagens aéreas e reservas de hotel.

Uma vez que há tempo para se preparar, sem que haja surpresas no meio do caminho com relação à data, a dica para os varejistas é não deixar o planejamento para a última hora. Trace suas estratégias já e lucre muito!

Leia mais:

–  Black Friday – Traçamos um plano para você vender mais

–  Comércio eletrônico no país registra picos de vendas em datas comemorativas

Empreendedorismo , , , , , , 0 Comments

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar

wpDiscuz