Boleto bancário falso: como evitar cair neste golpe?

boleto-fraude

O boleto bancário falso é um tipo de fraude mais comum do que se imagina.  O boleto bancário é um dos meios de pagamento mais utilizados pelos brasileiros por ser prático, simples e acessível para todos. A Febraban estima o pagamento de 3,7 bilhões de boletos bancários por ano no Brasil, o que dá mais de 10 milhões de boletos pagos diariamente.

E, por ser um meio de pagamento tão popular, não se encontra livre das fraudes. Existem práticas criminosas muito comuns envolvendo boletos bancários que podem prejudicar tanto o consumidor, quanto a quem emite a cobrança. Confira algumas dessas condutas abaixo e fique atento à qualquer sinal suspeito!

Boleto bancário: atenção para código de barras

Esta forma de fraude trata-se de um vírus que é capaz de detectar quando um boleto é visualizado no navegador. Ele altera a numeração da linha digitável e do código de barras, desviando o destino do pagamento para a conta do golpista ou de terceiros. Quem emitiu a cobrança não recebe o valor. E não é somente ele que é lesado. O consumidor, que acredita ter realizado o pagamento corretamente, não recebe sua compra ou não tem seu pagamento compensado.

O vírus é tão bem planejado que os valores e datas de vencimentos das contas não são alterados. Isso dificulta a identificação da fraude de forma simples. 

Esse tipo de fraude utiliza-se de um “programa malicioso” que pode entrar no computador da vítima disfarçado de um programa comum e legítimo através de:

  • Anexos de e-mail, imagens, fotos e demais mídias;
  • Vulnerabilidades existentes em programas instalados;
  • Mídias removíveis infectadas, como pen-drives;
  • Páginas falsas acessadas por meio de links patrocinados fraudulentos obtidos através de ferramentas de busca como Google ou Yahoo;
  • Acesso a páginas web maliciosas.

Esses softwares são instalados na máquina do usuário. Porém, eles não conseguem penetrar os sites dos bancos e soluções do Grupo Nexxera. Um exemplo É a Cobrança Eletrônica, já que os mesmos são altamente protegidos.

Substituição do boleto bancário por e-mail

Uma outra forma de fraude dispara mensagens de e-mail informando sobre a necessidade de substituição do boleto de cobrança, inclusive sob justificativa de desconto. Sempre desconfie e contate o Beneficiário (Cedente), pois ao efetuar o pagamento do novo boleto recebido os recursos serão desviados para outra conta. Assim, não haverá a liquidação da obrigação prevista no DDA (Débito Direto Autorizado).

Recomendações para não cair no golpe

 Antes de realizar o pagamento, confira:

  • O nome e a logomarca do banco emissor devem ser coincidentes;
  • O número do banco deve corresponder ao banco contido na logomarca e no campo nome do banco. Em caso de dúvida acesse http://www.buscabanco.org.br;
  • Os três primeiros caracteres da linha digitável devem ser iguais ao número do banco e correspondente ao nome do banco e sua logomarca.

Os números contidos nos campos: Código cedente / Convênio e Nosso número devem de alguma forma estar contidos na linha digitável, independente do banco emitente do boleto e da localização destas informações na linha digitável. 

Desconfie se o código de barras estiver com falhas que apresentem espaços excessivos entre as barras ou qualquer outra alteração que impossibilite o reconhecimento pela leitora de código de barras.  

Se receber ligações ou mensagens de e-mail informando sobre a necessidade de substituição de boletos de cobrança já recebidos, desconfie. 

Os boletos que você recebe mensalmente de uma mesma empresa/banco normalmente são padronizados. Compare-os. Dificilmente a marca do banco e os códigos se alteram de um mês para outro.

É essencial que o antivírus e sistema operacional de seu computador estejam sempre atualizados.  Outros softwares como browsers, e plug-ins como Java e Flash também devem ser atualizados regularmente. Com isso, você cria uma barreira de proteção no seu PC. Tanto para este vírus como para outros tipos de malware.

Caso precise imprimir uma via de boleto pela internet, evite fazê-lo em computadores que você não conhece.

Caso a fraude seja confirmada em um de seus boletos entre imediatamente em contato com o local de pagamento do boleto para verificar possíveis maneiras de revertê-lo.

Daniel Anselmo Leandro

Product Owner – Solução Cobrança Eletrônica Nexxera

MBA em Gestão de Projetos, Tecnólogo em Gestão de Tecnologia da Informação

Avalie esse post! 😀
Sem categoria , , , 0 Comments

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar

wpDiscuz