Chatbot: Analisamos essa tendência para o atendimento online

O que são chatbots? Softwares compatíveis com aplicativos de mensagens que possuem a capacidade de interagir com as pessoas por meio de texto ou áudio. A princípio, pode parecer algo mecanizado e frio, mas com a evolução das tecnologias de machine learning e inteligência artificial, esta interação tem se tornado cada vez mais natural e, com isso, este tipo de programa vem ganhando espaço. Uma das áreas que mais vem se beneficiando com esta inovação é a de atendimento ao cliente.

Chatbot-o-que-e-2017

 

O benefício mais evidente da utilização de chatbots é a facilidade, tanto para os clientes quanto para a empresa. Por serem adaptáveis às aplicações que, em geral, os consumidores já utilizam, o atendimento torna-se direto, eliminando-se a necessidade de instalar um novo programa ou acessar um site específico para entrar em contato. Para os negócios, esta vantagem se traduz em economia: os custos com desenvolvimento são reduzidos, uma vez que se usa uma plataforma já disponível.

Outra aplicação possível é a simplificação do processo de vendas. Um exemplo é o assistente que a Starbucks desenvolveu e apresentou a seus investidores há cerca de um mês. Trata-se do “My Starbucks Barista”, uma funcionalidade dentro do aplicativo da empresa que permite ao usuário fazer um pedido de café por meio de comandos de voz ou texto. O processo é rápido, sem burocracia e pode gerar um importante incremento no número de produtos vendidos.

Se você ainda está em dúvida sobre a adoção dos chatbots, saiba que os clientes tendem a aceitar esta tecnologia com facilidade. Uma pesquisa feita pela Aspect Software mostrou que 71% dos consumidores norte-americanos desejam resolver seus problemas com as empresas sozinhos, sem precisar do auxílio de um atendente. Além disso, ligações telefônicas estão, aos poucos, saindo do jogo: metade dos respondentes já preferem ser atendidos por meio de mensagens de texto ou chat. A ascensão dos chatbots neste cenário é natural.

É importante levar em conta que, em muitos casos, o atendimento pessoal e personalizável é insubstituível. Os chatbots funcionam bem em situações em que o suporte fornecido é baseado em informações objetivas e específicas, mas pode ser impessoal demais quando o cliente está buscando ser tratado com mais empatia. Por isso, para não gerar frustração em sua base de consumidores, antes de implantar um software como este planeje sua viabilidade e avalie em quais ocasiões a tecnologia é realmente válida para o seu negócio.

Tecnologia e inovação , , , , , , 2 Comments

Deixe um comentário

2 Comentários em "Chatbot: Analisamos essa tendência para o atendimento online"

Notify of
avatar

Sort by:   newest | oldest | most voted
Thiago Miranda
Visitante
8 meses 3 dias atrás
Geralmente estas pessoas já familiarizadas com tecnologias optam por atendimentos automáticos para inibirem o fator emocional dos atendentes, que geralmente estão lá em seus postos de trabalho e por repetirem o procedimento pela milésima vez, estão desanimados e acabam descontando seus aborrecimentos nos clientes. Hoje é uma realidade comum, onde em alguns minutos em shoppings, observamos consumidores saindo da fila do guichê de atendimento presencial para o auto atendimento ainda que tenha a mesma quantidade de pessoas a frente. Também assim os auto atendimentos em supermercados, cinemas, etc. Quanto mais efetiva e fácil a interatividade com o usuário, maior será… Read more »
trackback

[…] momento, vale avaliar a possibilidade de programar um sistema de chatbot, uma tecnologia que possui a capacidade de interagir com os consumidores de forma automatizada […]

wpDiscuz