Conciliação de cartões: por que não dá para abrir mão?

O aumento do uso de cartões como forma de pagamento no Brasil e no mundo trouxe muitos benefícios para quem compra e para quem vende, como segurança e praticidade. Com isso vieram também necessidades que até então eram dispensáveis, como a conciliação de cartões. Com ela, a empresa consegue controlar as vendas feitas por diferentes operadoras, melhorar a gestão e otimizar o tempo, além de economizar.

A Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac) aponta que sete a cada dez transações feitas aqui no Brasil são com “dinheiro de plástico”. Em 2017, as operações chegaram à soma de R$ 1,36 trilhão, o que significa que mais de um terço das compras foram feitas por esse meio de pagamento (o dado é da Associação Brasileira das Empresas de Cartão de Crédito, a Abecs).

De cuidado extra a indispensável

Não há dúvidas da relevância dessas formas de pagamentos em débito e crédito, mas, como garantir que todas as transações foram concluídas com sucesso, que a taxa cobrada pela operadora está certa, se as datas de liquidações estão nos conformes e outras informações que, em meio a atividades diferentes, podem passar despercebidas e causar prejuízo para o dono do negócio?

É comum que o volume de dados e os detalhes das operações fujam do controle do varejista, por isso, a conciliação de cartões se tornou fundamental para o controle e organização de um comércio. Ao conciliar loja, administradora, adquirente e banco, a chance de perdas de faturamento cai muito, assim como a possibilidade de identificar fraudes com mais agilidade.

Sistemas de conciliação

Há quem ainda recorra à ponta do lápis para fazer esse trabalho, o que abre margem para falhas e ainda ocupa o tempo de um profissional gerando um custo alto em comparação a uma ferramenta automatizada que cumpre a função com rapidez e assertividade.

O Vizzoo é um exemplo disso: desenvolvido pelo Grupo Nexxera, a ferramenta atua no processo de conferência de vendas feitas por cartões e já tem mais de 50 administradoras homologadas, como a Cielo, Rede, Sodexo e American Express.

A tecnologia disponibiliza informações em uma plataforma online de forma ágil, segura e organizada, facilitando a gestão financeira do varejista. Ela pode ser acessada de computador, tablet ou até celular, o que permite que o seu uso se encaixe à rotina de qualquer empreendedor.

A solução criada pela empresa brasileira possibilita que uma série de atividades seja realizada com mais praticidade e segurança, como reconhecimento de valores pelas operadoras, depósitos creditados e previstos, contagem do que foi vendido via cartão e análise de depósito em conta feito pelas administradoras de cartão. Também é possível visualizar taxas com mais transparência, desde o POS até o percentual de cada transação de débito, crédito e vouchers.

Isso reflete em melhorias nos processos de monitoramento de vendas, na conferência do saldo com as administradoras e auxilia a gerência com relação às cobranças aplicadas. Além disso, profissionaliza ainda mais a atuação de uma empresa e dá ao gestor informação suficiente para tomar melhores decisões, como avaliar a necessidade de pedir antecipação de recebíveis ou até negociar taxas que não cabem no orçamento.

Grupo Nexxera, Meios Eletrônicos de Pagamento, Micro e pequeno Negócios, Soluções Financeiras, Tecnologia e inovação , 0 Comments

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar

wpDiscuz