É possível fazer um contrato sem papel em uma pequena empresa?

contrato_sem_papel

Contrato sem papel em MPE’s demonstra ser uma boa alternativa para redução de custos, agilidade na resolução de demandas e otimização da infraestrutura

Já pensou em fechar negócio com um cliente sem a necessidade de papel e caneta? Graças a algumas soluções tecnológicas, essa já é uma realidade passível de implementação. O contrato sem papel beneficia a relação entre empresa e cliente que não tem a possibilidade de realizarem reuniões presenciais com frequência ou que desejam ser mais sustentáveis, mas sem abrir mão da segurança. Esse modelo pode, inclusive, destacar-se nas pequenas empresas. Muitas vezes, MPE’s possuem escritórios menores ou fazem até mesmo home office. Isso não quer dizer que esse tipo de empresa não possa atender clientes ou possuir parceiros estratégicos de outras localidades. Muito pelo contrário: esse perfil costuma ter forte apelo pela inovação e encontra, muitas vezes, stakeholders de diversos segmentos. E para firmar a parceria ou a contratação de um serviço com esse tipo de público, o contrato sem papel surge como aliado das pequenas empresas. A formalidade e validade jurídica são mantidas em contrato eletrônico. Isso acontece porque o processo utiliza-se de assinatura eletrônica e/ou certificado digital – com idoneidade garantida pela ICP-Brasil ou alguns softwares que utilizam modernos mecanismos de segurança. Além disso, há a coleta de informações do contratado, envio de protocolos de confirmação, envio automatizado de documentos por e-mail e armazenamento digital do material trabalhado. Portanto, a segurança é garantida para os dois lados – contratante e contratado. Um contrato sem papel é capaz de reduzir o footprint de uma pequena empresa, que já é pequeno, e fornecer ainda mais sustentabilidade empresarial. Essa realidade pode ser o caminho para o crescimento e inovação desse tipo de instituição. A substituição do papel pela versão eletrônica também dá mais qualidade ao atendimento ao cliente. Afinal, é sempre interessante poder oferecer diferentes alternativas ao seu público. Principalmente se a solução der mais agilidade ao processo, como é o caso do contrato sem papel. Nesse contexto, gestores de pequenas empresas conhecem bem a necessidade da redução de custos. Com a adesão de um modelo de contrato sem papel, são eliminados custos com compra de folhas, impressão, logística, armazenamento, fraudes de subscrição e backoffice. Onde muitas vezes nem há espaço para guardar a “papelada” é que a digitalização parece encaixar-se perfeitamente. Se o seu negócio possui atendimento direto ao público, esse modelo poderá até mesmo ser responsável pela otimização do espaço físico de sua loja. E, ainda que o fluxo seja menor, organização é importante em qualquer esfera e sua empresa poderá destacar-se caso possua consulta ágil aos documentos internos e externos. Nesse cenário, há disponibilização imediata de arquivos e agilidade na conferência qualitativa da documentação. Qual é o modelo de contrato da sua empresa? Restou alguma dúvida ou possui sugestões? Deixe pelos comentários. ebook_contratos_digitais ebook_pagamento_movel pcidss

Empreendedorismo, Micro e pequeno Negócios , 0 Comments

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar

wpDiscuz