O fluxo de caixa nada mais é do que o movimento de entrada e saída de uma empresa, ou seja, o fluxo de dinheiro que passa pelo seu negócio. Esse é um processo que deve ser feito com atenção e com a ajuda de ferramentas eficazes, pois somente assim é possível evitar o descasamento de fluxo de caixa.

O descasamento de fluxo de caixa está totalmente ligado com a gestão financeira. Quando a administração é realizada de forma ineficiente, ocorre esse desequilíbrio. Pode-se dizer que é o resultado de uma administração ineficiente. Já imaginou perder oportunidades, diminuir a produtividade, entre outros problemas, por conta da falta de dinheiro para pagar contas?

Isso é apenas alguns dos problemas que o desequilíbrio no caixa da sua empresa pode causar. Por isso, é tão importante entender o que é o descasamento de fluxo de caixa e saber como lidar em situações adversas.

Nesse sentido, se você deseja saber o que é, como acontece esse desequilíbrio e como fazer uma boa gestão, leia este artigo até o final!

O que é o descasamento de fluxo de caixa

Manter um bom controle do fluxo de caixa é essencial para o funcionamento do seu negócio. Por isso, se atente às datas de vencimento e de entrada da receita originadas das contas a receber.

Um lembrete importante: você deve, impreterivelmente, pagar as contas antes de receber pelas suas vendas.

Entretanto, sabemos que isso nem sempre é possível. Às vezes, o comprador paga em uma data que não bate com os seus prazos e contar com esse dinheiro pode levar ao descasamento do fluxo de caixa.

Se você é um empreendedor, é muito mais comum acontecer o desequilíbrio, ao compararmos com empresas maiores. Isso porque o controle do caixa nem sempre é 100%.

Como o desequilíbrio pode influenciar negativamente no desempenho da empresa

É possível o descasamento de fluxo de caixa ocorrer mais de uma vez. Entretanto, caso se torne frequente, pode trazer diversos prejuízos para a empresa, principalmente a relação com fornecedores e compradores.

Afinal, quem gostaria de fazer negócio com uma empresa que não honra seus compromissos? Dessa forma, veja os principais problemas que podem vir a acontecer quando o contas a pagar está mais alto que o contas a receber:

  • Atrasos em relação a pagamentos;
  • Diminuição da produtividade;
  • Influência direta no lucro líquido;
  • Perda de fornecedores — por falta de pagamento no prazo;
  • Uso de cheque especial rotineiramente.

Honestamente, a falta de controle do caixa pode ocasionar uma bola de neve, ao ponto da empresa não conseguir ver uma luz no fim do túnel.

Mas não se preocupe, existe uma saída para isso: uma boa gestão aliada a opções de crédito que não prejudiquem o seu negócio, como a antecipação de recebíveis. É o que vamos abordar mais adiante.

A importância de fazer uma gestão de fluxo de caixa eficiente

Uma gestão eficiente vai muito além da gestão financeira. Isto é, os preços praticados, prazos de pagamento e valores necessários para manter a empresa também devem estar inseridos em um planejamento adequado.

Geralmente, a carência dessas práticas contribui diretamente para o descasamento de fluxo de caixa.

Dessa maneira, uma gestão eficiente é importante para a saúde de uma organização. Ou seja, cumprir prazos, melhorar a produtividade, novas oportunidades de negócios entre outras atividades.

Isso resulta em melhorias do relacionamento com fornecedores e compradores, com os profissionais que atuam no seu negócio, bem como com empresas que ofertam créditos.

Como fazer uma boa gestão do fluxo de caixa

Como dissemos mais acima, a gestão de fluxo de caixa é de suma importância para a saúde de uma empresa. Para isso, existem alguns passos para colocar em prática.

Desse modo, a fim de auxiliar você em todo o processo, listamos 4 pontos importantes para corrigir o descasamento de fluxo de caixa:

1. Organize as finanças

A organização é fundamental para diversas áreas da nossa vida, e em uma empresa não é diferente. Principalmente quando falamos de finanças, a gestão financeira deve caminhar ao lado da organização. Mas o que deve ser feito para isso?

A pessoa gestora deve ficar de olho no controle financeiro antecipado, além disso, o ideal é que tenha uma visão do que está por vir — de no mínimo 6 meses. Essa previsão pode ser feita a partir de planilhas ou a partir de softwares inteligentes focados para gestão.

Essa é uma das formas mais corretas para se organizar antecipadamente de qualquer problema que possa surgir e que ocasione o desequilíbrio do fluxo de caixa.

2. Reveja os pagamentos e renegocie

O segundo ponto importante é a renegociação de pagamento. Por isso, reveja todos os pagamentos que você deve fazer e, caso seja necessário, tente a renegociação de valores, sem que haja taxas de juros altas — o melhor é que não tenha.

A renegociação é importante para recuperar o capital de giro da empresa, parte fundamental para manter funcionários e contas em dia. Dessa forma, invista nessa opção, para isso, conte com um bom relacionamento com seus fornecedores.

3. Analise os prazos de entrega e, se for possível, renegocie também

Os prazos de entrega também devem ser revistos e, caso haja necessidade, renegociados, assim como os de pagamento. Todavia, sabemos que é um pouco mais complicado ajustar prazos de entrega e em momentos mais difíceis, se torna ainda mais trabalhoso, pois temos ciência de que  recusar clientes quando se está em uma crise não é fácil.

Apesar disso, essa dica só deve ser considerada se houver espaço para negociar com o fornecedor — neste também se aplica a boa relação com clientes e fornecedores.

Além disso, a renegociação de prazo só deve ser aplicada em produtos que ainda não foram vendidos, caso já tenha efetuado a venda, preste atenção em relação a multas e juros.

4. Utilize a antecipação de recebíveis

Por fim, vamos falar um pouco sobre formas de crédito, mais especificamente sobre a antecipação de recebíveis. Essa é uma modalidade que traz benefícios tanto para quem antecipa quanto para seus clientes.

Por meio da antecipação de recebíveis é possível garantir o dinheiro que já é seu, no entanto, de forma antecipada. Assim, você pode utilizar esse valor para a compra de materiais bem como a liquidação das dívidas.

Com essa linha de crédito você recebe antes do prazo, com taxas mais atrativas, se compararmos aos modelos tradicionais de crédito.

Como a Nexxera pode auxiliar o seu negócio

O programa de antecipação da Nexxera ajuda o seu negócio a sair da crise. A partir do nosso portal você tem acesso a antecipação com taxas mais justas que os outros tipos de linhas de crédito.

Com a antecipação, sua empresa pode ter capital de giro para reinvestir, expandir e até mesmo negociar descontos com seus fornecedores.

Ou seja, vai muito além do pagamento de dívidas e você não precisa estar passando por momentos de crise para solicitar. Outro benefício é que o IOF não incide nas taxas de antecipação.

Interessante, não? Nós podemos ajudar a solucionar o descasamento de fluxo de caixa da sua empresa por meio da antecipação de recebíveis. Entre em contato conosco.

Recomendados para você

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.