Entenda a nova lei que permite a diferenciação de preços de acordo com meios e prazos de pagamento

No fim de junho, foi sancionada uma lei que está impactando diretamente o dia a dia do varejista. Trata-se da norma que permite que os comerciantes cobrem preços diferentes para o mesmo produto ou serviço, de acordo com o meio e o prazo de pagamento escolhidos pelo consumidor. Ou seja, aquela velha prática de conceder descontos nas compras feitas à vista, que até então era proibida, passou a ser permitida. Mas, você está por dentro de todos os detalhes da nova regulamentação?

Antes de implementar a medida, os comerciantes devem estar atentos a algumas regras simples. Inicialmente, é preciso saber que a diferenciação de preços não é obrigatória. A lei autoriza a cobrança de valores diferentes, mas não a torna compulsória. Então, caso já exista uma estratégia de negócios por trás da oferta de descontos, vá em frente. Mas, se você ainda não se planejou, não precisa sair correndo para mudar seus preços, nem conceder benefícios para os consumidores que usarem a nova lei como argumento.

Além disso, saiba que você pode escolher apenas alguns produtos ou serviços para a oferta de descontos – não é necessário generalizar para o negócio como um todo. Neste caso, é preciso que a informação sobre quais mercadorias têm a opção dos preços diferenciados deve estar bem clara para o consumidor.

Aliás, uma das orientações mais relevantes trata justamente da exibição das informações sobre os preços. Os valores devem estar visíveis e corretos, eliminando qualquer possibilidade de erro de interpretação pelos clientes. Quando determinado produto ou serviço tiver preços diferentes de acordo com o prazo ou o meio de pagamento, o lojista deve informar qual é o valor do desconto (em números absolutos ou percentuais). Por fim, mantêm-se as obrigações já vigentes anteriormente de informar o preço à vista e os valores que compõem as compras à prazo, como juros, IOF, número de parcelas, custo efetivo total e valor final.

Para saber mais, acesse o site do Procon, no qual há um FAQ para tirar as dúvidas dos comerciantes.

Leia mais:

–       As novas regras de cobrança nos cartões – Medida Provisória 764
–       Saiba por quê a gestão de cartões é tão importante no varejo
–       Private Label para pequenos varejistas – Tire suas dúvidas
Sem categoria , , , , , , , , , 0 Comments

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar

wpDiscuz