Minha PME está pronta para digitalizar processos?

Já citamos aqui no blog que os documentos digitalizados não substituem os documentos em papéis na sua íntegra. É que, de acordo com a lei 12.682/2012, mesmo que seja feita uma cópia virtual, as empresas devem manter o arquivo original impresso enquanto o documento tiver validade.

Entretanto, se o documento inicial já for digitalizado, não é necessário ter uma cópia impressa. Nesses casos, digitalizar processos pode ser uma boa opção para pequenas e médias empresas.

Existem duas situações mais recorrentes na realidade das corporações. A primeira ocorre quando existem modelos de digitalização implantados mas, ainda assim, a empresa faz a sua impressão.

Digitalizar processos, por que?

Para otimizar a prática de digitalizar processos, é fundamental que todas as ações que envolvam a finalização de um documento também sejam digitais. É o caso da assinatura digital, que deve ser certificadas pela Infraestrutura de Chaves Públicas (ICP-Brasil) para que o documento tenha validade jurídica.

Além de reduzir os custos com papel, essa medida também agiliza o procedimento e gera mais mobilidade. Caso o responsável não esteja in loco na empresa para assinar um contrato, por exemplo, é possível enviar o documento por e-mail e validar a assinatura digitalmente.

Sem isso, seria preciso enviar por correio, autenticar em cartório para só então finalizar o serviço.

Há vantagem na digitalização?

A segunda situação é quando a empresa não possui nenhum tipo de digitalização, mas apresenta um volume muito grande de documentos impressos e que precisam ser assinados mensalmente, como renovação de contratos.

Ao digitalizar processos, a empresa pode compartilhar os documentos com os clientes via web e, por meio da assinatura digital, os responsáveis autenticam o contrato e reenviam.

Dessa forma, ninguém precisa se dirigir até outro local, medida que economiza bastante tempo. Veja mais sobre como sistemas digitais contribuem para o paperless.

Você tem alguma dúvida sobre esse assunto? Compartilhe nos comentários abaixo.

Micro e pequeno Negócios 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *