Pagamento para o exterior: como funcionam remessas?

Segundo o Banco Central, o estoque de investimento direto brasileiro no exterior foi multiplicado por quatro em 10 anos, entre 2001 e 2011, e chegou ao valor de US$ 292 bilhões no primeiro semestre de 2013. Para que as empresas façam investimentos e transações internacionais, é preciso entender como funcionam as remessas de pagamento para o exterior e a posição de saldos de empresas fora do país.

As empresas que possuem negócios no exterior (franquias, filiais, importação de matéria-prima) podem fazer o pagamento de fornecedores, por exemplo, da mesma forma que fazem no Brasil, através de transferências bancárias pela internet.

pagamento para o exteriorPagamento para o exterior x empresas menores

Para as companhias menores, que possuem apenas uma unidade internacional, essa tarefa é mais prática, pois é preciso acessar a conta de um único banco.

Entretanto, para as empresas com mais relacionamentos no exterior, efetuar pagamento dos seus compromissos demanda muito tempo e pode gerar erros.

Além disso, será necessário entrar no ambiente de cada banco e salvar cada extrato bancário separadamente. Nesses casos, o ideal é utilizar sistemas financeiros que permitam realizar remessas de pagamento para o exterior.

E quais os benefícios?

Por exemplo, se uma grande empresa possui sua tesouraria centralizada em São Paulo, mas tem unidades de produção em outros países, é possível fazer diversos pagamentos para o banco no exterior. Como também para diversos países já na mesma moeda, sem precisar de câmbio, a partir de um único canal.

Dessa forma, facilita o processo e reduz custos. Com o uso do sistema, os gestores também conseguem visualizar o extrato de todas as contas mundiais em uma só tela.

Mas, atenção!

Vale lembrar que antes de contratar um sistema para fazer remessas de pagamento para o exterior é fundamental que a empresa se certifique de que a solução é segura e utiliza redes criptografadas para fazer as transações.

Ficou com alguma dúvida sobre esse assunto? Compartilhe nos comentários abaixo.

Soluções Financeiras , 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *