Papel moeda: qual o futuro do dinheiro tradicional?

Você consegue citar um serviço que só aceite pagamentos em papel moeda? Há alguns anos, seria pergunta fácil responder. Bastava lembrar das feiras livres, táxis, estacionamentos, vendedores ambulantes, dentre outros.

Porém, já há algum tempo é possível fazer praticamente todas as suas transações usando cartões de crédito ou débito, até mesmo em setores mais tradicionais. Será que isso pode significar o fim do dinheiro em forma de papel moeda?

Papel moeda será extinto?

Tudo indica que sim. Na Suécia, por exemplo, o “dinheiro vivo” já tem data para deixar de circular: o ano de 2030. Esta é uma projeção feita pelo Banco Central sueco com base em dados que indicam que as transações em dinheiro representam.

Atualmente esse número é de apenas 2% do valor de todos os pagamentos realizados no país. Inclusive, já há restaurantes e lojas na capital Estocolmo que trazem avisos de “não aceitamos dinheiro” nas portas.

O-futuro-do-papel-moeda---O-dinheiro-tradicional-vai-acabar

Previsão bancária

O presidente do Deutsche Bank, John Cryan, acredita que o papel moeda terá ainda menos tempo de vida. Cryan fez uma previsão de que ele deve durar apenas mais uma década. Para ele, este formato já é ineficiente e caro e, por isso, não deve sobreviver mais do que 10 anos.

No Brasil, existe um projeto de lei que quer acabar com o dinheiro em espécie. Trata-se do Projeto de Lei 48/2015, do Deputado Federal Reginaldo Lopes (PT/MG). O autor argumenta que esta lei poderá colocar fim à lavagem de dinheiro.

Para ele, uma vez que será fácil rastrear todas as transações, a prática deste crime será praticamente impossível. Caso aprovado, o projeto entra em vigor cinco anos após sua publicação. Esta PL está aguardando Parecer do Relator na Comissão de Finanças e Tributação (CFT).

Pagamentos em cartões

Não se pode negar que há indícios de um futuro próximo em que as economias modernas estarão baseadas no uso de cartões, pagamentos eletrônicos e transações digitais.

Ainda não sabemos ao certo quando isso irá acontecer, nem de que forma. Por isso, o mais importante é estar preparado desde já para esta transição, para não ficar para trás quando a grande virada acontecer. Continue nos acompanhando e esteja sempre por dentro das notícias relacionadas ao tema.

Grupo Nexxera, Meios Eletrônicos de Pagamento, Soluções Financeiras , , , 1 Comment

Comment (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *