Você já ouviu falar em Small Data?

Nos últimos anos, o termo Big Data se tornou muito comum no mundo dos negócios, principalmente nas áreas de TI e marketing. A ideia de ter à disposição um grande volume de dados sobre o comportamento dos usuários para contribuir nos processos de tomada de decisão atraiu os executivos de empresas de todos os segmentos e portes. Porém, o Big Data é caracterizado pela dispersão das informações de maneira não-estruturada, o que pode tornar o trabalho de interpretação e compreensão muito complexo. Frente a esta realidade, uma nova tendência vem ganhando relevância: a do Small Data.

 

O que é Small Data?

Como o próprio nome sugere, trata-se de um volume reduzido de dados, produzido por meio de ferramentas internas da companhia como, por exemplo, um sistema de CRM ou pesquisas de mercado. Uma de suas principais vantagens é justamente o tamanho da base, pequena a ponto de torná-la acessível e compreensível por indivíduos, sem a necessidade de soluções complexas de tecnologia. Assim, consegue-se extrair conhecimento de profundidade sobre o comportamento dos clientes.

As informações coletadas podem fornecer pistas sobre as necessidades e vontades de seus consumidores e olhar para este conhecimento com um viés analítico pode te ajudar a criar soluções que atendam a estas demandas, melhorando o relacionamento e aumentando vendas. Em 2015, um estudo da Nucleus Research mostrou que usar dados na tomada de decisões pode aumentar o retorno sobre o investimento em impressionantes 241%. Ou seja: vale a pena!

Small-data-o-que-e

Small Data é o oposto de Big Data?

 Small Data e Big Data não são estratégias opostas, mas sim complementares. O ideal em um planejamento de negócios é trabalhar as informações fornecidas por ambas de forma integrada, uma vez que o tipo de dados que cada solução oferece tem características próprias e iluminam diferentes aspectos de uma determinada situação.

 

Como usar Small Data em meu negócio?

Um dos principais diferenciais do Small Data é que, por ser mais simples, pode ser usado até mesmo em empresas de pequeno e médio porte. Ou seja, qualquer negócio pode se beneficiar desta forma de ver analisar os dados. O primeiro passo para iniciar uma estratégia baseada em Small Data é organizar os dados. Eles existem, mas é provável que não estejam consolidados e que cada área de sua empresa esteja em posse de parte deles, o que impede a visão do todo.

Em seguida, é preciso partir para uma análise aprofundada das informações, com o objetivo de identificar tendências, padrões de comportamento, demandas não atendidas, dentre outros indicadores. A partir deste diagnóstico, é só partir para a prática, desenhando estratégias e planejando ações alinhadas aos objetivos de negócios da empresa.

Saiba mais:

Como o Big Data pode ajudar os negócios

Por que Marketing e Tecnologia estão tão próximos?

A nova sensibilidade dos profissionais de TI

Tecnologia e inovação , , , , , , , , , , 1 Comment

Deixe um comentário

1 Comentário em "Você já ouviu falar em Small Data?"

Notify of
avatar

Sort by:   newest | oldest | most voted
trackback

[…] Você já ouviu falar em Small Data? […]

wpDiscuz