Saiba mais sobre tecnologias de autenticação

A autenticação de identidade está presente em diversos momentos do seu dia, desde o momento em que desbloqueia o celular com impressão digital até na senha que você coloca no aplicativo do banco para acessar sua conta. Esse procedimento nada mais é do que uma questão de segurança para garantir que é você mesmo quem diz ser.

Os meios de autenticação geralmente usam uma combinação de fatores para chegar a um ou mais métodos de validação de identidade: algo que a pessoa tem, sabe ou é. Isso se aplica à biometria,  assinatura, envio de selfie para validar compras ou abrir uma conta bancária, reconhecimento facial ou de retina. Check-in em consultas médicas, votação em eleições também entram nessa lista e senhas, como explica o nosso especialista em Segurança da Informação, Thomas Ranzi.

 

 

Alta demanda e oportunidades de mercado

O estudo Assessing Global Authentication Opportunities da Visa com a Euromonitor sobre o tema levantou que mais de 52 trilhões de autenticações foram feitas por consumidores em todo o mundo no ano de 2016. Isso indica que cada adulto realizou esse tipo de procedimento de 30 a 40 vezes por dia. O Brasil é um dos mercados que mais despontam nesse cenário devido ao avanço nos meios de pagamentos digitais e da abertura entre os consumidores para tecnologias desse tipo.

A pesquisa mostrou que essa demanda toda representa uma oportunidade de movimentação de US$ 161 bilhões no mercado mundial, especialmente quando pensamos em transações financeiras e investimentos de indústrias de pagamento, bancos e utilidades domésticas.

 

Alguns setores que já utilizam estas tecnologias são:

Bancos e finanças: é a frente que lidera o número de autenticações e está sempre em atualização com novas tecnologias quando o assunto é proteger o dinheiro do usuário. É o mercado que mais investe nesses processos. Na Índia, por exemplo, foi adotado um sistema de fundos digital que combina dados demográficos com fotografias, escaneamento de íris e dez impressões digitais. Mais de 1.1 bilhão de indianos já se cadastraram, o que representa quase 100% da população adulta.

 

Viagem e transporte: outro setor relevante nesse mercado e que está sempre na vanguarda do que há de mais novo nos processos de autenticação de identidade. Em Cingapura, o Conselho de Turismo e Associação de Hotéis promoveu uma competição para a adoção de medidas como check-in e seguro automatizado entre os estabelecimentos hoteleiros, por exemplo. Já aqui no Brasil, o sistema de ônibus passou a usar um método de reconhecimento facial e assinatura digital para checar a identidade o usuário que utiliza o cartão de acesso ao transporte.

 

Importância no futuro

Com o avanço da Internet das Coisas, que deve bater o crescimento de US$ 7 bilhões até 2020, da conectividade entre devices (foram 6.4 bilhões em 2017 em todo o mundo, de acordo com a Gartner) e meios de pagamento cada vez mais digitais, o avanço com sistemas de autenticação de identidade se torna ainda mais essencial. O avanço também envolve o setor médico, facilitando o momento de pagar pelos serviços de forma não presencial até o de conversão de formulários físicos para digitalizados.

Em breve, a evolução destas tecnologias fará com que a gente se sinta dentro dos filmes de ficção científica de nossa infância e adolescência. Mas é só o futuro chegando e tomando conta de nossas vidas!

Segurança da Informação , , , , , , , , , 0 Comments

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar

wpDiscuz